Vai viajar nas férias? A pandemia ainda não acabou

Imagem iustrativa.

Janeiro é o mês em que a maioria das pessoas tiram as tão sonhadas férias, porém, durante a pandemia, o melhor lugar para ficar é a própria casa. Caso seja necessária a viagem, a prevenção é de extrema importância e os cuidados não devem ser esquecidos. Use máscara, higienize suas mãos frequentemente com álcool 70° ou água e sabão, mantenha o distanciamento, prefira ambientes arejados.

O prefeito de João Neiva, Paulo Sérgio Micula, salienta que viajar é maravilhoso, porém, infelizmente a pandemia não acabou. “Parece clichê, mas a recomendação ainda é o isolamento social, principalmente no caso de pessoas que apresentaram sintomas recentemente ou tiveram contato com pessoas contaminadas. Todos os cuidados devem ser somados para minimizar os riscos de transmissão da covid-19”.

A equipe da Vigilância Epidemiológica da prefeitura reforça que a melhor opção seria evitar viagens, reuniões e aglomerações. “No entanto, se é algo inegociável, cuidados rigorosos devem ser observados. Os protocolos de saúde contra o coronavírus podem ajudar a diminuir as possibilidades de transmissão e contágio do vírus. Ainda assim, vale a ressalva: não se trata de eliminar o risco, mas tão somente minimizá-lo”, conta a Enfermeira Cleide Beatriz Gasparini da Silva Lopes.

Ela completa informando que antes de viajar ou se reunir com pessoas que moram em outros lugares é recomendado realizar um isolamento prévio de 14 dias. “As duas semanas abarcam o período entre o contágio, o aparecimento de sintomas e a transmissão do vírus a outras pessoas. O isolamento social durante esse período é importante porque é durante esses dias que o indivíduo contagiado transmite o vírus. Dois dias antes do aparecimento dos sintomas, uma pessoa com Covid-19 já está transmitindo a doença e o contágio, em geral, ocorre até dez dias depois dos primeiros sintomas, com o pico entre o segundo e o quinto dia”.

Outra orientação é o isolamento depois que retornar da viagem. “É importante que as pessoas façam o distanciamento por pelo menos mais 10 dias antes de voltar as suas atividades normais”, diz a enfermeira.

Em João Neiva foi disponibilizado um local para atender somente casos de coronavírus. No caso de aparecimento de algum dos sintomas a pessoa deve procurar o setor de atendimento à Síndrome Gripal, na antiga portaria do SUS do Hospital, localizado na Rua Eurico Salles,110, Centro, João Neiva. O setor funciona de segunda a sexta-feira, de 7 às 19h. Depois desse horário e aos finais de semana e feriados o atendimento pode ser feito no Pronto Atendimento do Hospital.

Além disso, a prefeitura disponibilizou um número para esclarecer dúvidas sobre esse vírus que assombra o mundo: (27) 99986-7032 ou 99575-9013, de 7 às 16h30.

Pessoas já contaminadas estão imunes?

As pessoas que já pegaram a Covid-19 não tem a certeza de imunidade. “Os casos de reinfecção, apesar de raros, provam que é possível sim contrair o vírus mais de uma vez. Apesar da maior parte dos pacientes ficar imunes após se curar da doença, ainda não se sabe quanto tempo a imunidade dura”, explica Cleide Beatriz.

A dúvida sobre o tempo de imunidade também se dá em relação à vacinação, que começou a ser aplicada em alguns países já em dezembro. “O imunizante gera sim uma resposta imunológica ao coronavírus, mas ainda não há certeza se essa resposta dura semanas, meses ou anos. Além disso, há que se observar a taxa de efetividade da vacina e qual o percentual da população será vacinado”, conclui a enfermeira.

Sintomas da Covid-19

Os sintomas mais comuns do vírus são: febre, cansaço e tosse seca. Já os menos comuns são: diarreia, dores e desconfortos, dor de garganta, dificuldade de respirar ou falta de ar, dor ou pressão no peito, perda de paladar ou olfato, conjuntivite, dor de cabeça, erupção cutânea na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés.

O novo coronavírus também pode provocar perda de fala ou movimento, sendo sintomas mais graves.

Denúncia

Para eventuais denúncias de aglomeração e/ou situações irregulares frente ao decreto de prevenção e combate a Covid-19, o cidadão pode realizar denúncia também através do número (27) 99986-7032 ou clicando aqui.

Sumaida Zuccolotto
Comunicação

Publicado em quinta-feira, 07 de janeiro de 2021

Atualizado em segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Sumaida Zuccolotto
Comunicação

ACOMPANHE A PREFEITURA

Horário de Atendimento

O funcionamento da Prefeitura Municipal de João Neiva é Segunda a Sexta 07:00 às 11:00 e 12:30 ás 16:30

Fale Conosco

Telefone: (27) 99986-7050
E-mail: ouvidoria@joaoneiva.es.gov.br

Endereço

Av. Presidente Vargas, 157 - João Neiva - ES