Prefeitura de João Neiva oferece tratamento de reabilitação física e funcional gratuitos

Nosso time de fisioterapeutas (esquerda para a direita): Sarah Nascimento, Bárbara Marinho Carrareto e Gisely Bobbio Neves.

Você sabia que o Centro de Reabilitação Física (Crefneiva), mantido pela Prefeitura de João Neiva através da Secretaria de Saúde (Semsa), realiza tratamentos para reabilitação física e funcional em diferentes especialidades? Além da utilização de equipamentos modernos o Crefneiva conta com uma equipe profissional capacitada para suprir as necessidades da população no que diz respeito à atenção primária especializada.

Além dos serviços executados no próprio prédio, também há o atendimento domiciliar para as pessoas acamadas. Fazem parte do time as fisioterapeutas Gisely Bobbio Neves, Bárbara Marinho Carrareto e Sarah Nascimento, além da secretária do setor, Eliani Rossoni.

As atividades são gratuitas e funcionam da seguinte forma: o paciente é encaminhado ao tratamento pelo médico (neurologista, ortopedista, reumatologista, clínico, etc) e passa por uma triagem, onde é classificada a prioridade no atendimento, conforme a gravidade e intensidade da patologia e seus sintomas. A partir de então o paciente aguarda na lista de espera até ser chamado e iniciar o tratamento.

Sarah ressalta que a presença do fisioterapeuta é muito importante na equipe multiprofissional do SUS, pois a população apresenta uma grande demanda de disfunções ortopédicas (artroses, hérnias de disco, amputações, fraturas), neurológicas (sequela de AVC, lesões traumáticas, paralisias) e, atualmente, surgiu também a demanda para reabilitação dos pacientes pós-covid, com sequelas respiratórias, cardíacas e musculares. “A fisioterapia atua na reabilitação funcional do paciente, devolvendo a pessoa ao mercado de trabalho, reduzindo a dependência de cuidadores e minimizando suas dores, melhorando consideravelmente sua qualidade de vida”.

Maurício Pandolfi Junior, 30, conta que a fisioterapia o ajudou muito nas duas lesões que sofreu. “O atendimento é ótimo, os profissionais que ali trabalham são muito prestativos. O tratamento está ajudando na reabilitação e me dando confiança para que eu possa voltar à normalidade. Queria agradecer a todos os profissionais do local, pois apesar de sermos pacientes o tratamento nos faz sentir parte da equipe”.

Como os casos mais graves são prioridades para a realização da reabilitação física, os pacientes com sintomas leves acabavam esperando mais tempo nessa lista. Para atender essas pessoas, o Crefneiva começou a disponibilizar a terapia de grupo, reunindo até cinco pacientes com sintomas de leve intensidade e crônicos que não necessitam de atendimento individual. “Com esse trabalho a prefeitura conseguiu beneficiar mais pessoas, diminuindo a lista de espera. Devido à pandemia a quantidade de vagas é reduzida, mas assim que possível aumentará e favorecerá ainda mais pacientes”, explica Bárbara.

Bárbara acrescenta que na terapia de grupo são efetuadas atividades funcionais com exercícios físicos e abordagem preventiva e de promoção de saúde. “O projeto é inovador no município, de vanguarda. Com ele estamos conseguindo abranger a saúde física e mental do paciente, que após um ano de isolamento na pandemia pode se reunir, interagir com colegas e tornar o tratamento um momento alegre e divertido”.

A paciente Aucilene do Nascimento Castro, 58, faz a terapia de grupo e achou uma ótima ideia. “Estou gostando muito. Dá disposição e a gente se diverte. As meninas são muito pacientes e prestativas conosco. Quando fazemos as atividades elas perguntam se está doendo algum lugar, se a gente está sentindo o esforço, se dá para continuar”.

Gisely informa que o Crefneiva atende sequelas de AVC, paciente pós cirúrgicos, doenças reumáticas, ortopédicas e musculares, entre outras. “O local funciona de segunda a sexta, de 7 às 16h30. Os atendimentos acontecem tanto na sede quanto no domicílio do paciente, no caso dos acamados e impossibilitados de comparecerem à sede”.

Segundo as profissionais, os casos mais graves já atendidos foram: Esclerose Lateral Amiotófica (ELA), amputação de membros inferiores e superiores, tetraplegias, paraplegia, sequela de traumatismo craniano, fibrose cística, e atualmente os pacientes pós-covid que ficaram em situação grave e que foram entubados, além de sequelas de AVC.

Vale ressaltar que devido ao período pandêmico foi necessário reduzir a quantidade de pacientes atendidos por horário, para diminuir a aglomeração de pessoas. “Acreditamos que com a vacinação de um maior número de munícipes poderemos aumentar a quantidade de pacientes atendidos por horário e reduzir assim o tempo de espera”, relata Bárbara.

      

Sumaida Zuccolotto
Comunicação

Publicado em sexta-feira, 16 de julho de 2021

Atualizado em sexta-feira, 16 de julho de 2021

ACOMPANHE A PREFEITURA

Horário de Atendimento

O funcionamento da Prefeitura Municipal de João Neiva é Segunda a Sexta 07:00 às 11:00 e 12:30 ás 16:30

Fale Conosco

Telefone: (27) 99986-7050
E-mail: ouvidoria@joaoneiva.es.gov.br

Endereço

Av. Presidente Vargas, 157 - João Neiva - ES