Doença causada por fungo provoca feridas e exige tratamento médico

Você já ouviu falar da esporotricose? A infecção é causada por um fungo e atinge principalmente os gatos. A contaminação para o ser humano decorre de arranhões e mordidas dos felinos, mas pode acontecer também por outros animais, como os cães. Em João Neiva, somente este ano, foram registrados nove casos da doença em gatos e uma ocorrência em cão.

O fungo do gênero sporothrix faz parte de uma enorme quantidade de micróbios que vivem no solo. Os gatos são as principais vítimas, pois têm o hábito de mexer no solo e lamber os pelos.  O tratamento do felino é feito com uso de medicamento específico, que só deve ser receitado pelo médico veterinário.

No caso de contaminação para o ser humano, qualquer ferida resultante de arranhões ou mordidas de felinos deve ser seguida de procura pelo atendimento médico.

“O gato pode infectar o ser humano através de arranhadura e mordida, quando o fungo é inoculado. Mas o homem pode se infectar em contato direto com o solo, e principalmente em ocasiões onde se abrem feridas na pele, como em machucados decorrentes de arranhões por espinhos de plantas, cercas, ferramentas de trabalho e lascas de madeira. Afinal, o fungo está no ambiente”, destaca o veterinário da Secretaria Municipal de Saúde Farlen Miranda.

É sempre bom lembrar que os gatinhos são tão vítimas da doença quanto o ser humano, por isso, o importante é prevenir a contaminação pelo fungo, por meio de hábitos simples:

- Manipular a terra preferencialmente com luvas, principalmente se houver ferida na mão e sempre lavando bem as mãos depois do manuseio;

- Se perfurar ou arranhar a pele com madeira, galhos e afins, higienizar o local e ficar atento para eventual demora da cicatrização do local, procurando o médico neste caso.

- Trate os animais doentes e não deixe que saiam para a rua.

- Nunca enterre animais mortos, pois isso causará uma enorme disseminação do fungo pelo ambiente. O serviço veterinário deve dar destino correto ao cadáver;

- Use luvas para manusear animais suspeitos ou doentes;

- Se for arranhado ou mordido, lavar bem a área com água e sabão e procurar atendimento médico;

- Não abandone animais doentes. Além disso ser um ato contra a saúde pública, é também um crime de maus tratos previsto em lei. A partir do momento em que se adota um animal, somos responsáveis por ele por toda a sua vida.

Priscila Moreschi
Comunicação

Publicado em sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Atualizado em terça-feira, 04 de outubro de 2022

ACOMPANHE A PREFEITURA

Horário de Atendimento

O funcionamento da Prefeitura Municipal de João Neiva é Segunda a Sexta 07:00 às 11:00 e 12:30 ás 16:30

Fale Conosco

Telefone: (27) 99986-7050
E-mail: ouvidoria@joaoneiva.es.gov.br

Endereço

Av. Presidente Vargas, 157 - João Neiva - ES