Vacinação de rotina: a sua está em dia?

Imagem ilustrativa.

Sua caderneta de imunização está em dia? Engana-se quem pensa que as vacinas de rotina são aplicadas somente na infância e adolescência. Elas também fazem parte da vida adulta e na 3° idade, sendo essenciais para o controle/eliminação de enfermidades que podem causar hospitalização e até a morte.

A doses de rotina recomendadas pelo Ministério da Saúde para cada fase da vida são: BCG, hepatite B, VIP (previne poliomielite 1, 2 e 3), VOP (previne poliomielite 1 e 3), penta (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B), rotavírus, pneumocócica 10 valente,  Pneumocócica 23 Valente meningocócica C, DTP (previne difteria, tétano e coqueluche), varicela (previne catapora), febre amarela, hepatite A, tríplice viral (previne sarampo, caxumba e rubéola), tetra viral (previne sarampo, rubéola, caxumba e varicela/catapora), HPV, influenza, dupla adulto (previne difteria e tétano) e dTpa  (previne difteria, tétano e coqueluche) - somente gestantes. Também tem os imunizantes de campanha como influenza, que são aplicados todos os anos.

Algumas vacinas possuem doses únicas e outras exigem a aplicação de mais de uma dose ou reforço. “A de influenza é aplicada todo ano. Outro imunizante que provavelmente será aplicado todo ano é a da Covid-19”, explica a enfermeira da Vigilância Epidemiológica Cleide Beatriz Gasparini da Silva Lopes.

Beatriz completa salientando que em caso de perda do cartão de vacinação deve-se aplicar todas as doses de rotina novamente, se não houver registro anterior no SIPNI.

Segue abaixo um cronograma detalhado de quando deve ser aplicado cada imunizante de rotina:

Ao nascer:

·  Vacina Bacilo Calmette-Guerin (BCG) - dose única

·  Vacina contra Hepatite B - dose ao nascer

Aos 2 meses de idade:

·  Penta (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B) - 1ª dose

· Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (VIP) - 1ª dose

·   Pneumocócica 10 Valente - 1ª dose

·  Rotavírus humano - 1ª dose

Aos 3 meses de idade:

·  Meningocócica C - 1ª dose

Aos 4 meses de idade:

·  Penta - 2ª dose

·  Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (VIP) - 2ª dose

·  Pneumocócica 10 Valente - 2ª dose

·  Rotavírus humano - 2ª dose

Aos 5 meses de idade:

·  Meningocócica C - 2ª dose

Aos 6 meses de idade:

·  Penta - 3ª dose

·  Vacina Poliomielite 1, 2 e 3 (VIP) - 3ª dose

Aos 9 meses de idade:

·  Vacina contra Febre Amarela - uma dose

Aos 12 meses de idade:

·  Tríplice viral - 1ª dose

·  Pneumocócica 10 Valente - reforço

·  Meningocócica C - reforço

Aos 15 meses de idade:

·  Vacina DTP - 1º reforço

·  Vacina Poliomielite 1 e 3 (VOP) - 1º reforço

·  Hepatite A - uma dose

·  Tetra viral - uma dose

·  Varicela - 1° dose

4 anos de idade:

·  DTP - 2º reforço

·  Vacina Poliomielite 1 e 3 (VOP) - 2º reforço

·  Varicela - reforço

É importante ressaltar que crianças de 6 meses a 5 anos de idade devem ainda tomar uma ou duas doses da vacina influenza durante a campanha de vacinação da gripe.

Meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos:

·  HPV - 2 doses - seis meses mínimos de intervalo entre as doses

Adolescentes de 11 a 14 anos:

·  Meningocócica C - dose única ou reforço - de acordo com a situação vacinal anterior*

Adolescentes de 10 a 19 anos:

·  Hepatite B - 3 doses - de acordo com a situação vacinal anterior*

·  Febre Amarela - 1 dose - de acordo com a situação vacinal anterior*

·  Dupla Adulto (dT) - reforço a cada 10 anos

·  Tríplice viral - 2 doses - de acordo com a situação vacinal anterior*

·  Pneumocócica 23 valente - 1 dose (indicada para população indígena e grupos-alvo específicos) - de acordo com a situação vacinal anterior*

Adultos de 20 a 59 anos:

·  Hepatite B - 3 doses - de acordo com a situação vacinal anterior*

·  Febre Amarela - dose única de acordo com a situação vacinal anterior*

·  Tríplice viral - verificar a situação vacinal anterior* - se nunca vacinado receber 2 doses (de 20 a 29 anos) e 1 dose (de 30 a 49 anos)

·  Dupla adulto (dT) - reforço a cada 10 anos

·  Pneumocócica 23 Valente - 1 dose (indicada também para população indígena e grupos-alvo específicos)

Terceira idade (60 ou mais):

·  Hepatite B - 3 doses - verificar a situação vacinal anterior*

·  Febre Amarela - dose única - verificar a situação vacinal anterior*

·  Dupla Adulto (dT) - reforço a cada 10 anos

·  Pneumocócica 23 valente - reforço - verificar a situação vacinal anterior* (esta vacina é indicada para população indígena e grupos-alvo específicos, como pessoas com 60 anos e mais não vacinados que vivem acamados e/ou em instituições fechadas, por exemplo)

·  Influenza - uma dose (anual)

Gestantes:

·  Hepatite B - 3 doses - verificar a situação vacinal anterior*

·  Dupla Adulto (dT) - 3 doses - verificar a situação vacinal anterior*

·  dTpa - uma dose deve ser tomada a cada gestação a partir da 20ª semana de gestação ou no puerpério (até 45 dias após o parto)

·  Influenza - uma dose (anual)

* Quer dizer que se já tomou todas as doses, não há necessidade de tomar mais. Se não tomou todas, deve completar as que estão faltando.

Os adultos e idosos devem sempre verificar as vacinas antes de realizar viagens dentro e fora do país, uma vez que os destinos modificam os riscos de doenças infecciosas e os imunizantes indicados.

Vacinas indicadas conforme o destino são: cólera, hepatite A, encefalite japonesa, meningite, raiva, encefalite do carrapato, tuberculose, poliomielite, sarampo, rubéola, caxumba, febre tifoide e febre amarela, por exemplo. Por isso é preciso informar o local de destino na hora de se imunizar.

Sumaida Zuccolotto
Comunicação

Publicado em segunda-feira, 31 de maio de 2021

Atualizado em segunda-feira, 31 de maio de 2021

ACOMPANHE A PREFEITURA

Horário de Atendimento

O funcionamento da Prefeitura Municipal de João Neiva é Segunda a Sexta 07:00 às 11:00 e 12:30 ás 16:30

Fale Conosco

Telefone: (27) 99986-7050
E-mail: ouvidoria@joaoneiva.es.gov.br

Endereço

Av. Presidente Vargas, 157 - João Neiva - ES