Prefeitura de João Neiva dá algumas dicas para as crianças estudarem em casa

Imagem ilustrativa.

Devido a pandemia as aulas ainda não voltaram de forma presencial, mas elas continuam no formato home office. Como a rotina de estudos em casa pode ser um pouco cansativa e monótona para as crianças, a Prefeitura de João Neiva, através da Secretaria de Educação (Semed), propôs algumas dicas para que elas consigam se adaptar neste momento até que a vida volte ao normal.

Além da rotina da própria criança, os pais também devem se manter presentes na hora dos estudos, independente de pandemia ou não. “O desenvolvimento de uma criança engloba o crescimento em várias áreas, sendo que a família desempenha um papel fundamental nesse processo. Com a atenção dos familiares é possível ajudar os filhos a estudar em casa e manter uma rotina saudável de aprendizado”, explica a secretária da Semed Marciela José.

É importante que os pais ajudem as crianças a descobrirem como tornar o estudo atraente, atentando ainda para não prejudicar o desenvolvimento dos filhos em outras áreas. “Aliás, o isolamento social pelo qual estamos passando é uma oportunidade para colocar novas estratégias em ação, que poderão ser aproveitadas futuramente”, destaca Marciela.

Ensinar o seu filho a estudar em casa é uma forma de proporcionar um desenvolvimento mais completo, afinal, durante a infância e a adolescência o apoio da família é fundamental para o aprendizado, pois a motivação nesse momento da vida acaba por tornar o estudo mais interessante e atrativo.

A participação da família nas tarefas escolares e na formação dos hábitos de estudo influencia positivamente o rendimento escolar. Portanto, vale a pena buscar uma postura proativa e colaborativa, pensando no desenvolvimento completo do seu filho. “Estudar é um hábito que deve ser cultivado todos os dias e isso pode ser feito de diferentes formas, inclusive por meio das brincadeiras. Para ajudar a criar esse hábito é fundamental pensar em tudo, desde o ambiente até as ferramentas de estudo que o estudante precisa”, explica a secretária.

Agora chega de conversa e vamos às dicas:

1.       Faça uma lista de tarefas.

Essa listagem ajuda a estabelecer um ritmo e a manter o foco nos estudos.

2.       Siga uma rotina.

Siga uma rotina similar à que você teria se fosse para a escola: acordar cedo, vestir-se adequadamente, alimentar-se e focar nas atividades.

Concentre sua atenção no que está estudando.

3.       É muito importante definir o local de estudos.

Com certeza você conhece alguém que consegue estudar em qualquer lugar. Ocorre que a grande maioria dos estudantes se distrai facilmente, por isso que é importante escolher um ambiente tranquilo e organizado para o estudo, garantindo que você não seja distraído pelo que acontece à sua volta.

4.       Não se esqueça de respeitar os horários.

É necessário fazer pausas semelhantes às que acontecem durante as aulas presenciais. Também não se esqueça de se hidratar adequadamente.

5.       Está com saudade dos colegas? Conecte-se com eles.

Mantenha contato virtual. Em muitos momentos vocês poderão trocar informações relevantes e tirar dúvidas uns com os outros. Que tal criar grupos de estudos em redes sociais?

6.       Não se esqueça da postura.

Entre as pausas, aproveite para se alongar, caminhar pela casa e esticar as pernas. Determine um horário do dia para você fazer um exercício da sua preferência. Lembrando que é bom adaptar a atividade física para o ambiente interno.

7.       Vamos pensar no futuro.

É importante ter em mente o motivo dos seus estudos para se manter motivado.

Então, especialmente para quem está com dificuldade em estudar em casa nesse momento, a dica é ‘não desistir, porque isso vai passar e no futuro os frutos serão colhidos’.

8.       Ajuda dos pais.

E é claro, os pais sempre devem estar auxiliando, ajudando e motivando seus filhos.

Ensino infantil

Para as crianças menores a participação dos pais é ainda mais importante. Assim, separamos algumas diquinhas para os papais dos pequenos.

1.       Estabeleça horários para o estudo.

Essa é uma das medidas mais importantes para que a rotina seja efetiva, afinal, se cada dia tiver um horário diferente a rotina não se consolida. Lembre-se de considerar a idade da criança, sabendo que os menores conseguem se manter concentrados por tempos mais curtos que os mais velhos.

Uma dica é montar um quadro de rotina para que a criança consiga visualizar e se organizar: pode ser em um papel, em um quadro ou até com lembretes em uma parede. É importante mostrar para as crianças que esse quadro é flexível, que ninguém está ali para obrigar ninguém a fazer nada, mas sim para ajudar. Crie um cronograma que também tenha espaço para momentos diários de lazer e descanso. Converse com seu filho e estabeleçam juntos uma rotina que contemple todas as atividades diárias e não interfira no convívio familiar. Desse modo o estudo estará programado e não será algo esporádico.

2.       Separe e organize um lugar na casa apenas para o estudo.

O ideal é aproveitar um cômodo ou um canto mais reservado na casa para que a criança não se distraia enquanto estuda. Porém, isso nem sempre é possível, então, o importante é definir um local ou espaço fixo para os estudos, mesmo que seja, por exemplo, a mesa da cozinha. O importante é que esteja limpo, organizado e que não tenha muito barulho ou distrações ao redor, caso contrário, a criança pode não conseguir se concentrar.

3.       Acorde antes das crianças.

Isso ajudará você a planejar melhor o dia sem interferências.

4.       Cuide das necessidades básicas da criança.

Alimentação, sono e saúde são essenciais na hora dos estudos. Com isso atendido a criança tende a se manter calma.

Caso a criança ainda esteja manhosa, chorosa ou até muito nervosa por ter de fazer as atividades, dê a ela alguns minutos de atenção, normalmente ela está precisando que você a escute ou apenas a pegue no colo.

5.       Monte o cronograma da rotina junto com a criança.

É importante envolver a criança no planejamento, pois assim ela conseguirá entender o que foi programado e os motivos, sendo incentivada a participar e a cumprir o que foi acordado. Explique que os estudos são importantes e que ela está em casa por uma questão de segurança e de saúde.

Crianças adoram ajudar em casa: defina um horário para a limpeza e organização da casa e conte com a ajuda delas, mesmo com pequenos trabalhos elas podem contribuir muito. Além disso, as atividades da casa também podem ser utilizadas para ensinar. Enquanto elas põem a mesa, por exemplo, incentive-as a contar os lugares, os pratos, os talheres, etc.

Não fiquem de pijama o dia todo: arrumem-se ao levantar, porque isso dá um ânimo especial para toda a família.

Faça listas de tudo que precisa fazer no dia, por ordem de prioridade: Isso ajuda na organização e alivia a pressão de ter tanta coisa para fazer.

Evite uso excessivo de eletrônicos, isso deixa as crianças irritadas: Estudar com a televisão ligada, nem pensar!

6.       Recompense bons comportamentos.

Os novos hábitos de estudo demandam empenho por parte da criança, por isso, recompense o bom comportamento delas. Isso se chama reforço positivo, que é uma estratégia simples e eficaz para estimular a repetição de certas ações. Ele pode ser feito de várias maneiras, com elogios ou mesmo com recompensas.

7.       Converse e discuta com a criança sobre o conteúdo que está sendo estudado.

A presença do professor é importante para a efetivação do conteúdo. Na sua ausência, seja você mesmo um intermediador do conhecimento. Mesmo que você não tenha a formação adequada, cabe perguntar para a criança o que ela entendeu sobre o conteúdo e, se necessário, tirar as dúvidas. Assim ela se sentirá amparada e confiante para seguir com as atividades.

8.       Dê suporte.

O auxílio dos pais nesse momento é importante para os alunos conseguirem lidar com as mudanças pelas quais estão passando. As crianças devem estar por dentro da situação que está acontecendo no mundo, mas não precisam viver em estado de terror. Outro fator importante é mostrar que, mesmo em casa, as responsabilidades precisam ser cumpridas e a quarentena não é férias, mas um período necessário para cuidar da saúde de todos.

Lembre-se que as escolas estão dispostas a ajudá-los em qualquer dificuldade.

Bons estudos!

Publicado em terça-feira, 06 de julho de 2021

ACOMPANHE A PREFEITURA

Horário de Atendimento

O funcionamento da Prefeitura Municipal de João Neiva é Segunda a Sexta 07:00 às 11:00 e 12:30 ás 16:30

Fale Conosco

Telefone: (27) 99986-7050
E-mail: ouvidoria@joaoneiva.es.gov.br

Endereço

Av. Presidente Vargas, 157 - João Neiva - ES